Quando o desespero tem um nome РCiclone Idai: Beira-Mo̤ambique

Mostrar todos os post com etiqueta |Moçambique

Foto: ft.com (região centro de Moçambique)

Eu queria vir para aqui antes, para falar de Moçambique, e particularmente do Ciclone Idai que ocorreu na cidade da Beira, a cidade onde nasci e cresci, confesso que custou-me imenso escrever este post porque é inevitável falar da “minha cidade” sem envolver emoções… sem me lembrar da minha infância “BOA”, da minha primeira escola, e do tempo que o meu pai conseguia me fazer feliz só com um “sorvete”… Infelizmente a cidade que tenho na memória desapareceu, e, se calhar, nunca mais será a mesma! Foi mesmo por isso que precisei de tentar digerir esta notícia mesmo sabendo que se tratava de algo indigesto e não me restando alternativas, respirei fundo para ganhar coragem e forças para estar aqui agora a escrever algo sobre… apesar de parecer um pouco tarde!

⭕ Moçambique 🇲🇿

Beira é uma cidade Moçambicana, capital da Províncias de Sofala, conta com mais de 530mil habitantes. É uma cidade portuária do Canal de Moçambique (parte do oceano índico localizado entre a costa da Africa Oriental e Madagáscar), está localizada no centro do país, e tem a categoria de segunda maior cidade de Moçambique.

Moçambique-Beira

O Ciclone Idai atingiu a região centro de Moçambique (a 14 de Março), o Malawi e o Zimbabwe (a 16 de Março). Foi considerado um dos piores ciclones tropicais com tamanha dimensão a afectar parte de África no hemisfério sul até à data, alcançando o pico de intensidade com ventos máximos sustentados de 220km/h, classificado como “muito forte” (de categoria A) acompanhada também de muita chuva, que veio a causar estragos incalculáveis!

Segundo os dados oficiais do governo de Moçambique, mais de 602 pessoas morreram em Moçambique, 344 pessoas no Zimbabwe e 59 em Malawi e além disso há 1.522 feridos e 112.000 casas destruídas e inundadas.

Children in a makeshift shelter near Harare, Zimbabwe. Cyclone Idai has displaced thousands in southern Afric

Segundo as Nações Unidas, 1,85 milhões de pessoas precisam de assistência urgente. Perto de 131.000 pessoas foram desalojadas, e embora tenha sido reativado o fornecimento de água pública, a maior parte das comunidades  ainda não tem acesso a água potável e eletricidade. Mais de 715 hectares de terra (para o cultivo) foram destruídas. Fora da cidade de Beira ainda há muitas áreas isoladas com falta de assistência.

O segundo, da esquerda para direita: Plácido Baptista Monteiro Júnior (meu irmão)
World Food Programme РNa̤oes Unidas

Neste momento qualquer ajuda será bem-vinda, Moçambique, Malawi e Zimbabwe precisam urgentemente da ajuda de todos“.

Campanha de vacinação

A situação crítica em Moçambique permanece, e com a falta de água potável aumentam os casos de doenças e contaminações.

Já foram confirmados 1.400 casos de cólera (a doença é propagada através da água e alimentos contaminados). A equipe dos Médicos Sem Fronteiras não medem esforços para prestar atendimento necessário aos pacientes na Beira e esperam um aumento de casos de outras doenças transmitidas pela água, como: da malária, infecções da pele e das vias respiratórias.

Já se sentia em Moçambique uma grande insegurança alimentar, e agora com o Ciclone Idai , este problema agravou-se ainda mais, sendo classificado pelo Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas como a emergência de mais alto nível.

A Organização das Nações Unidas (ONU) já começou , com o programa de vacinação oral contra a cólera nas regiões afectadas pelo Idai, prevendo a administração de 900 mil unidades.

“A desnutrição e a cólera estão interligadas”, disse Jamie McGoldrick, coordenador humanitário da ONU para o Iêmen, ao Washington Post. “Pessoas enfraquecidas e famintas são mais propensas a contrair cólera, porque a cólera tem maior probabilidade de florescer em lugares onde a

desnutrição existe”

Membros da World Food Programme (no meio da foto: Plácido Baptista Monteiro Júnior, meu irmão)

Segundo o INGC, o ciclone Idai provocou danos em 3.318 salas de aulas, com 150.854 alunos prejudicados, dados que se mantêm relativamente ao balanço anterior. Ciclone Idai destruiu 62 mil casas e ajudas não estão a chegar aos bairros pobres do interior da cidade da Beira.

Aqui abaixo deixo os nomes de algumas organizações que eu acredito serem capazes de fazer a diferença!!

Se doarmos todos um pouco, poderemos ajudar às vítimas do Ciclone Idai em Moçambique, Malawi e Zimbabwe.

Faça a sua doação aqui! 👇

RODE KRUIS

DOCTORS WITHOUT BORDERS

WORLD FOOD PROGAMME

UNICEF

Obrigada por ter ficado comigo até aqui!

Como os holandeses comemoram a conclusão do Ensino Médio??

Mostrar todos os posts com etiqueta | Curiosities

Se você visitar os Países Baixos em meados de Junho, vai perceber algo diferente e engraçado! Esta é uma prática muito antiga, que nem mesmo os próprios holandeses sabem explicar bem quando foi que começou. Nesta altura do ano, os alunos do Ensino Médio ficam ansiosos para receber os resultados do Eindexamen (exames finais) e logo após tomarem o conhecimento dos mesmos, eles penduram as mochilas que usaram durante o “Ensino Médio” no mastro da bandeira junto à entrada de casa.

Isto mostra não só aos vizinhos, mas para quem quiser vêr, que alí, mora alguém que concluiu o Ensino Médio com sucesso, e que agora, está pronto para iniciar um novo ciclo da vida.

Espero que o conteúdo tenha sido útil para si, e não se esqueça de ficar atento às mochilas!

Beijokas 😊😙

Quer um conselho de amiga? Comece a meditar!

Mostrar todos os posts com etiqueta | Inspirations

A prática da meditação começou a fazer parte da minha vida, a praticamente 1ano e pouco, quando num belo dia, eu pensei que fosse ficar LOUCA… louquinha de pedra mesmo… Falando assim, até parace que estou a brincar, não estou não! Com a correria do dia-a-dia que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu assim.

Eu já tinha ouvido muito falar de meditação e lido também sobre (Livro: Mindfulness – Para Quem Não Tem Tempo, do Autor: Osho – Prática de meditação e atenção plena para o quotidiano moderno), aliás, de uns anos para cá “meditar” é uma das palavras que mais se ouve por aí, acho que virou trend, mas brincadeiras à parte, foi mais ou menos assim (à força) que comecei a me interessar pela prática da meditação, já que ela em si, prometia muita coisa!

Foto: Nilza Monteiro

No princípio, eu fazia tudo que as regras da meditação mandavam, como sentar com as pernas cruzadas, etc, mas depois com o tempo eu fui fazendo as coisas do meu jeito, mas claro, sempre seguindo os princípios básicos.

Eu acredito que não se ensina a meditar, ensinam-se formas e métodos de o fazer. Pensando bem, não tem como ensinar, porque mesmo que eu lhe tente explicar os métodos todos que eu uso desde o princípio até o fim, nós podemos ter resultado diferentes! Por isso, se alguém tiver interesse em começar tem que ter paciência e aos poucos vai aplicando e ajustando de acordo com a seu progresso.

Foto: Nilza Monteiro

Um chá…

Se é obrigatório beber chá antes de meditar, claro que não! Eu gosto de beber um chá bem quentinho porque ajuda-me a relaxar a mente e os músculos. Você pode sempre experimentar para vêr se gosta ou não.

Comece com períodos curtos…

No princípio, convém começar com períodos curtos para se ir adaptando com o passar do tempo. Olha que até hoje, sempre que eu sento para meditar, independentemente do tempo disponível que tiver, é sempre muito difícil chegar ao estágio de relaxamento e equilíbrio total do meu corpo, porque demora uns minutos (muitos) para que eu me desconecte de tudo a minha volta e comece a relaxar! Pois, e a pergunta seria, então por que começar com períodos curtos? Porque para alguém que esteja a iniciar esta prática, o importante é adaptar-se primeiro para depois avançar para uma outra etapa.

Foto: Nilza Monteiro

O lugar favorito…

Este é um dos meus lugares favoritos para meditar, e não só, também para sentar e olhar a natureza, para lêr e para estar em silêncio. Adoro este lugar porque é cheio de “verde” e o lugar por si já transmite paz.

●●●

É bom encontrar um espaço onde possamos ir sempre que precisamos de calma. Você também pode encontrar, desde que se identifique nele.

Um conselho…

Quando sentar para meditar, não tente controlar a sua mente, deixa fluir, vai reparar que a sua mente vai saltar de um pensamentos para o outro, como se fossem filmes de curta-metragem… não se preocupe com isso, deixa fluir… lembre-se sempre de prestar atenção na sua respiração e a medida que conseguir controlá-la, os filmes simplesmente param.

Foto: Nilza Monteiro

Objectivo…

A meditação tem como objectivo, o melhoramento da concentração, aumentando o estado de clareza mental e emocional.

●●●

Esta prática também ajuda-me a estar no momento presente. Vivemos tanto a espera do futuro e a lamentar pelo passado que muitas vezes esquecemos do momentos mais importante, o presente. E é aí que a meditação entra.

Consequência…

Com isso, comecei a alimentar-me de forma mais saudável, a praticar mais exercícios, a apreciar mais a natureza, comecei a seleccionar mais as pessoas e principalmente as energias delas (não me interprete mal, mas a meditação deixa-te mais sensível a isto) e a fugir de tudo aquilo que para mim, soa como ruído. A impressão que eu tenho hoje, é que durante muitos anos, usei óculos embaciados!

Fotos: Nilza Monteiro

Para mim, que duvidei desta prática milagrosa, hoje eu digo, começar a meditar, foi uma das melhores decisões que eu tomei na minha vida até agora!

Espero que este conteúdo tenha contribuído de qualquer forma e ajudado aqueles que tenham interesse neste tema e não sabem como começar.

Beijokas 😘

O jardim de flores mais belo do Mundo!

Mostrar todos os posts com etiqueta | lifestyle

Se estava a espera de uma razão que o/a levasse a visitar os Países Baixos, então, aqui está!!

Keukenhof, não só é o jardim de primavera mais bonito do Mundo, como também é, o maior jardim de flores do Mundo. É conhecido por receber visitantes do mundo inteiro. Conta com mais de 7 milhões de flores como: tulipas (o dia Nacional da tulipa, é celebrado todos os anos no terceiro Sábado do mês de janeiro), narcisos, jacintos formando campos com mais de 32 hectares de cores vibrantes! Visitar o Keukenhof vai garantir-lhe uma experiência inesquecível para vida, e não só, também vai poder fazer fotografias fantásticas, só não se esqueça de se divertir porque é essa a ideia principal!

Fotos: Nilza Monteiro

Todos os anos, o jardim tem um tema diferente e o tema deste ano é ” Flower Power”.

Dentro do Keukenhof existem 3 pavilhões denominados: Oranje Nassau Beatrix e Willem-Alexander (assunto para outro post). Nestes pavilhões há sempre várias exibições de outras flores e plantas com a opção de venda das mesmas ao público em geral, entretanto, se quiser comer ou beber qualquer coisa por lá, também há lojas, cafés e WC’s (para saber mais veja o mapa abaixo).

Foto: Nilza Monteiro

Morada:

Stationsweg 166A, 2161 AM – Lisse – Países Baixos (Holanda)

Foto: Nilza Monteiro

Por quanto tempo o jardim estará aberto ao público?

Por se trata de um jardim de primavera, o período de abertura será de 59 dias, relativamente maior a do ano passado. No ano passado foram 53 dias, isso quer dizer que este ano há mais uma semana de bônus para quem tiver interesse em visitar o famoso Keukenhof.

Datas: 21 de Mar̤o Р19 de Maio de 2019

Foto: Nilza Monteiro

Como chegar?

De Amsterdam para Keukenhof, o melhor caminho é via Schiphol Aeroport (aeroporto de Amsterdam, o maior do país), de qualquer estação em Amsterdam o tempo de viajem é de praticamente 15-25 minutos de comboio (Saber mais no mapa abaixo).

Qual é o tempo de duração da visita?

Se quiser explorar o jardim de Keukenhof com calma, eu acho que no mínimo 3horas serão necessárias. Você pode sempre comprar os bilhetes online ou na bilheteria assim que chegar, mas tenha atenção aos horários porque só vendem bilhetes até as 18horas.

Horário de funcionamento : entre as 8:00 até às 19h:30

Preços : Adultos – € 17,00

Crianças (4anos -17anos) – € 8,00

Grupos (a partir de 20 pessoas) – € 14,75

Parque de estacionamento – € 6

Onde deixar as crianças?

Para as crianças há um grande parque infantil, um jardim zológico e outras modalidades de entretenimento como a caça ao tesouro (saber mais no balcão de informações) e labirinto, tudo isso espacialmente feito a pensar nos pequeninos. 😊

É acessível aos deficientes em cadeira de rodas?

Sim, é acessível aos deficientes em cadeira de rodas e igualmente aos WC’s. À entrada há sempre cadeiras de rodas disponíveis para quem precisar, pode-se encontrar cadeiras normais e elétricas.

O que mais pode-se fazer no Keukenhof?

Há sempre vários eventos e atividades, você pode arrendar uma bicicleta à entrada e ir fazer um passeio nos campos de bolbos (tem uma vista espetacular) ou pode fazer um passeio guiado de barco dando a volta ao Keukenhof inteiro, a viajem de barco tem a duração de 45minutos e os bilhetes são comprados junto ao moinho de vento (Mill), onde é o ponto de partida do barco e bem aí ao pé, existe um pequeno espaço para pic-nic’s. Veja o mapa 👇

Vale a pena visitar o Keukenhof?

Vale sim, vale muito a pena conhecer este lugar cheio de magia e romantismo. Prometo que não se vai arrepender!

🌷🌷

Espero que este conteúdo tenha de alguma forma transmitido valor para si, porque este é o meu objetivo.

Beijokas 😘

As melhores lojas de roupa Vintage em Amsterdam

Mostrar todos os posts com etiqueta |Lifestyle

Vamos lá falar um pouco sobre “fazer compras” ! Quando digo fazer compras, NÃO me refiro às compras pela internet, falo aqui, da forma tradicional de fazer compras, isto é, dirigir-se a uma loja física para comprar algo, com a possibilidade de experimentar as roupas e caso na loja não haja o seu tamanho, a textura que procura, ou a sua côr preferida, seja o que for, você pode simplesmente trocar de loja, deslocando-se assim para a segunda e depois para a terceira, e assim sucessivamente… de loja em loja!

Você gosta de fazer compras ??

Que pergunta né?? Quem não gosta de comprar, principalmente calçado, vestuário, acessórios …? Se você não gosta, deixe AQUI 👇 um comentário porque eu quero dar-te os parabéns hahahaha. Muitas pessoas adoram fazer compras, mas nem todas fazem de forma consciente, e é aí onde eu quero chegar… mas para falar a verdade ninguém nos ensina a fazê-lo (de forma consciente). Eu sou apologista de que deve-se sempre fazer compras de forma consciente, isto é, avaliando com cuidado se a peça que se pretende comprar irá realmente fazer alguma diferença na nossa vida, se não, porquê comprá-la? De uns anos para cá eu decidi que não iria comprar mais coisas, mas confesso que o ano passado, foi o ano que me surpreendi comigo mesma, não comprei nadaaaa, literalmente!! As únicas coisas novas que tive foram prendas que ganhei ao longo do ano e foi aí que eu descobri que afinal das contas, não preciso de mais nada e mais uma mala ou menos dois pares de sapatos não me vão fazer diferença nenhuma!

Quer saber quais são os dois segredos que eu sempre uso para não cair na tentação de comprar por impulso? Aponta aí 😊 Primeiro: não entre numa loja sem objectivo (isto é para complementar o primeiro parágrafo), só para “apreciar” ?? NÃO! Segundo: sempre que quiser comprar algo, se for por exemplo um sapato, pergunte-se, quantos pares de sapatos você tem em casa? lembre-se também dos (sapatos) que você já não usa ou dos que usou muito pouco, muitas vezes, por não usá-los, talvez já nem se lembra que os tem… e eu posso apostar consigo que concerteza a sua resposta vai lhe desmotivar a comprar qualquer coisa que seja, só por comprar. Aposto!!

Bem, a ideia deste post não é de forma nenhuma tentar convencer alguém a parar de ir às compras, como deve concordar comigo, sabe muito bem ir às compras de vez em quando, e desde que realmente precise do que vai comprar, por que não?? Só não se esqueça do meu conselho!! 😉

Sem mais conversa… Vamos ao que me trouxe para aqui!!

Já se foi o tempo que comprar roupa de segunda mão (vintage) era sinônimo de ser maltrapilho. De uns anos para cá, a roupa vintage tem feito muito sucesso e o melhor de tudo, são roupas que dão para se aproveita e tem sempre aquele toque de estilo, diferente e autêntico. Nestes espaços (lojas) é possível voltar ao passado com muito charme e elegância. Esta tendência está a crescer cada vez mais em todo mundo e Amsterdam, claro, não fica de parte!! Das lojas que vou falar agora, algumas delas existem também noutras cidades (Holanda). Eu irei falar das lojas que conheço e que estão precisamente localizadas no centro de Amsterdam. Normalmente a distância é bem curta entre uma e outra dando perfeitamente para se fazer a pé.

Vamos começar 😊

Zipper

É uma das maiores, se não a maior loja de roupa vintage em Amsterdam, a loja é tão grande que uma parte dela está localizada no piso subterrâneo, sendo este piso somente para roupa vintage e a outra parte que está localizada no piso térreo onde se encontra abarrotado de acessório. A loja muda o stock conforme a tendência actual, de acordo com a temporada.

Morada: Huidenstraat 7, 1016 ER Amsterdam

Website: www.zippervintageclothes.com

Kilo Shop

O conceito desta loja é exatamente como o nome diz, kilo shop, as vendas são feitas ao kilo. Basicamente, escolhes as peças, pesas e pagas, simples assim! E dependendo do tipo, ou da qualidade de peça existem etiquetas de cores diferentes.

Morada: Jodenbreestraat 158, 1011 NS Amsterdam, Eesrte van de Helstraat, 11 – Amsterdam

Website: Kilo Shop

Vintage Jungle

Localizada na doce zona chamada jordaan (é a área da cidade de Amsterdam onde antigamente habitavam os judeus). Aqui as vendas são inclinadas somente para dois tipos de vestuário nomeadamente: vestidos e casacos. E um tipo de acessórios nomeadamente: malas vintages.

Morada: Tweede Anjeliersdwarsstraat 15, 1015 NS – Amsterdam

Website: Vintage Jungle

Rumors Vintage & Design

Especializados na roupa de inverno e com excelente qualidade, a rumors está aberta todos os dias do ano.

Morada: Haarlemmerstraat 99, 1013 EM Amsterdam

Website: Rumors Vintage

Time Machine Vintage

Quer vêr roupas de todas a cores e estilos? A time machine é a loja ideal para isso! A coleção é mais voltada aos anos 70s e 80s e aqui pode-se encontrar diversos tipo de peças e para todas as ocasiões desde roupas para festivais até as casuais.

Morada: Nieuw Hoogstraat 5, Amsterdam

Website: Time Machine Vintage

We Are Vintage

Esta loja normalmente vende peças apartir dos anos 1970s até os 2000s. A colecção muda conforme a temporada, e aqui você pode encontrar muita roupa de desporto, roupa mais formal e muita roupa casual também. Ahh e claro, muitos mas muitos acessórios.

Morada: Kinkerstraat 193 – Amsterdam, Eerste van Swindenstraat 43, Amsterdam

Website: We AreVintage

Carnaby Street

Esta loja tem um diferencial, é a combinação de loja de roupa vintage e galeria de arte, imagina só que ideia fantástica! Eu adoro este tipo ideias modernas e funcionais. Na Carnaby Street você pode comprar peças exclusivas e únicas, só para si.

Morada: Albert Cuypstraat 99, 1072 CR Amsterdam (localizado junto ao famoso mercado “Albert Cuyp Market” em Amsterdam).

Webside: www.albertcuyp-market.amsterdam

Se achou que o conteúdo foi útil para si, deixe aqui um comentário!

Beijoka grande 😘

7 Livros que literalmente mudaram a minha vida!!

Mostrar todos os posts com etiqueta |Inspirations

Muitas pessoas perguntam-me, por que é que eu não falo sobre mim no meu blog… a resposta é muito simples, o conceito deste blog sempre foi desde o princípio falar do lifestyle na Holanda e tudo aquilo que este tema (lifestyle) engloba. Sobre a minha vida, você pode sempre perguntar o que quiser saber que eu estarei sempre pronta a responder. Ficamos assim combinados? 😉😊

Bem, neste post, eu quero falar um pouco de algo que eu gosto muito… livros! Como não amar né?? Ahhh 🤗! E melhor ainda, não quero falar de um livro qualquer, eu quero falar “dos livros” que para mim são e sempre serão especiais porque marcaram e mudaram de verdade a minha vida! Livros estes que me transformaram na pessoa que sou hoje, que mudaram completamente a minha forma de pensar, que ensinaram-me a escolher priorioridades de hoje para alcançá-las amanhã, que mostraram-me que as coisas não acontecem do dia para noite, que nem tudo é o que parece, com eles aprendi também a poupar mais dinheiro e principalmente, aprendi a pensar duas vezes antes de comprar algo por impulso, com eles aprendi a não perder tempo com coisas mínimas, aprendi também que a vida não é uma corrida, para vêr quem chega primeiro na frente, ensinaram-me a ficar mais atenta ao que acontece à minha volta, ensinaram-me a desfrutar da minha própria companhia e dessa forma, aprendi a gostar de estar em silêncio, ensinaram-me a encarar as coisas com mais leveza e aprendi a dizer não, quando é necessário, aprendi a olhar mais nos olhos… e aprendi também, a pedir ajuda, quando preciso! Com todo este aprendizado, acredita, hoje eu sou uma pessoa melhor. Se mudou a minha vida, talvez venha a mudar a sua também!!

Vamos lá continuar?

“Apenas deveríamos ler os livros que nos picam e que nos mordem. Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para que lê-lo?”

(Franz Kafka)  

Aqui eu trago uma compilação dos meu favoritos, ainda faltam alguns, mas por agora, eu escolhi estes!

Proud – Ibtihaj Muhammad

Vivendo o meu sonho Americano!

Jovem, muçulmana, esgrimista, autora deste livro “Proud” , conta a sua história de superação! Aqui ela fala do porquê que teve que pegar em uma espada quando tinha 13 anos de idade, fala das suas crenças muçulmanas, o que ela teve que passar na escola e sobre a hostilidade anti-muçulmana que vivenciou. Foi a primeira norte-americana a competir e a ganhar uma medalha enquanto usava hijab (o véu usado frequentemente pelas mulheres islâmicas para cobrir a cabeça). E ela diz, ” a minha esperança é que você encontre a sua própria espada para usar de uma forma que lhe traga felicidade e sucesso, e que a palavra ‘NÃO’ se torne sua motivação para avançar”. Vale muito a pena lêr!

O Alquimista – Paulo Coelho

Vá sempre em busca da sua lenda pessoal!

Este livro, é tão especial!! São daqueles que posso lêr e reler várias vezes, e não me canso dele!

Recorda a importância de perseguirmos os nossos sonhos sejam eles qual for e de ouvir a voz do coração. Trata-se de encontrar a sua lenda pessoal, independentemente dos obstáculos que venham a surgir! A história começa com a jornada de Santiago, um pastor e a sua busca espiritual. As pessoas que ele conhece, os presságios que encontra, e muito mais coisas que podemos relacionar as nossa vida. Este livro para mim é o número um, neste conjunto dos livros que mudaram a minha vida, é um tesouro! Se você está a procura de algo que realmente lhe toque a alma, então já o tem! Leia e não vai se arrepender!

Pai Pobre Pai Rico – Robert T. Kyosaki

Os segredos sobre dinheiro que os ricos ensinam aos seus filhos РE a classe m̩dia desconhece!

Neste livro, o autor discorda do velho e bom conselho que todos tivemos, que diz o seguinte: ” vai para escola, tira notas altas e depois, mais para frente, procura um emprego seguro”, porque a boa formação e os bons resultados acadêmicos nos dias de hoje não bastam para garantir o êxito e nem para se ter o controle pessoal do próprio destino financeiro. Então, o autor propõe que todos, todos sem exceção de idade, deixem de ser analfabetos financeiramente e comecem a ter uma educação financeira para aprenderem como aplicar e cuidar do seu próprio dinheiro de forma correcta. Se quer aprender um pouco mais sobre finanças, como diferenciar os ativos dos passivos e aprender a gerir mais o seu dinheiro, este livro com certeza que é para si!

Propósito – Sri Prem Baba

A coragem de ser quem somos!

Este livro é mais voltado para a espiritualidade e autoconhecimento. Na minha opinião, este é um livro que todo aluno deveria lêr, devido a tamanha sabedoria que existe nestas entrelinhas. O autor faz-nos algumas perguntas como por exemplo: Porque existimos? Qual é a nossa missão na vida? Que propósito tem a nossa passagem na terra? O autor desafia-nos a reconhecermos as nossas imperfeições e sermos autênticos, deixando deste modo as máscaras caírem, inclisive as nossas partes defeituosas que tanto tentamos esconder! Aqui o Sri Prem Baba propõe o despertar do “EU AUTÊNTICO” que existe dentro de cada um de nós! Prometo que este livro vai lhe fazer vêr as coisas sob uma nova perspectiva!

O Essencialismo – Greg Mckeown

Aprenda a fazer menos mas melhor!

Este livro faz-nos colocar um ponto de interrogação em cada movimento que damos, daquelas coisas que fazemos sem pensar, ou seja, no piloto “automático”! Aqui, o autor ensina-nos estratégias para termos foco naquilo que verdadeiramente importa, fazendo-nos perceber quanto tempo perdemos com coisas insignificantes. Se você anda assim, então tira um tempinho e leia este livro, vai lhe aguçar o “foco” , tornando-lhe assim, mais concentrado e atento!

Os Originais – Adam Grant

Como os inconformistas mudam o mundo!

Neste livro o autor conta histórias e constrói conceitos de originalidade, para que nos tornemos mais criativos e inovadores, gerando dessa forma ambientes que favoreçam e façam a originalidade florescer. É um livro de leitura fácil, e é mesmo desafiador, especialmente para quem quer começar a pensar fora da caixa, ou seja, fora dos padrõe que chamamos de “normais” !

Sapiens – Yuval Noah Harari

Breve História da Humanidade!

No Sapiens, é feita uma análise de todo o processo de evolução da humanidade, desde as espécies humanas que coexistiam na idade da pedra, passando pela revolução agrícula, científica, industrial, tecnológica até a política do século XXI que nos transforma em Deuses capazes de criar e destruir! Aqui o Yuval Harari faz questão de frisar o quão insignificante os seres humanos são, diante de toda a grandeza que temos à nossa volta. Este é um livro muito interessante e único, que todos deveriam lêr, para percebermos um pouco mais de onde viemos. A pergunta que fica é a seguinte: Qual será a nossa próxima grande revolução? Será robótica?

Espero que o conteúdo tenha sido útil para si e o mais importante, que lhe incentive a lêr mais!! 😊

Se tiver alguma sugestão para mim, deixe nos comentário!

Beijokas 😘

A tradição do mergulho gelado no primeiro dia do ano na Holanda!!

Mostrar todos os posts com etiqueta |Lifestyle

Como é de praxe, no dia 1 de Janeiro, os holandeses vão a praia dar o primeiro mergulho (gelado) do ano, esta prática é chamada de nieuwjaarsduik, digo “gelado”, porque nesta altura as temperaturas estão muito baixas, por volta de 2 graus ou menos e nem por isso os intimida! O objetivo deste ritual é de renovar as energias para o novo ano que acaba de começar.

Este ano, esperava-se entre 52.000 a 60.000 mergulhadores, isso falando no geral de todos os 132 locais de mergulho na Holanda, um dos mais escolhidos pelos fanáticos é a praia de Scheveningen que fica na costa ste do país e Zandvoort, também uma cidade costeira holandesa a oeste de Amsterdam. Segundo as pesquisas feitas pela Unox, empresa esta que organiza este evento todos os anos juntamente com a Fundação de Mergulhos do Ano Novo, em conjunto criam condições para que os participantes após o mergulho tenham algo quente para ingerir de modo que voltem a recoperar rapidamente a temperatura normal do corpo, como: toalhas grossas, sopas, chocolate quente e outras bebidas quentes, e há sempre uma banda escolhida pelo público por lá a tocar.

A Fundação de Mergulhadores disse que “o número de participantes cresce um pouco a cada ano”.

O fundador do primeiro mergulho do ano novo holandês foi o treinador de natação, Van Batenburg, de 87 anos em 1960.

Assista o vídeo!!

Se achou o conteúdo útil para si, deixe um comentário!

Beijokas 😘😘