A Divindade dos Homens – A velha lenda Hindu

Mostrar todos os posts com etiqueta | Inspirations

Uma velha lenda Hindu conta que houve um tempo em que todos os homens eram deuses. Como fizeram mau uso desse poder, Brahma, o mestre dos deuses, decidiu retirar-lho e escondê-lo num lugar onde lhes seria impossível encontrá-lo.

Brahma convocou em conselho os deuses menores para resolver o problema.
– Enterremos a divindade do homem, propuseram eles.
Mas Brahma respondeu:
– Isso não chega, porque o homem vai cavar e encontrar.
Os deuses replicaram:
– Nesse caso escondamo-la no fundo dos oceanos.
Mas Brahma respondeu:
– Não, que mais cedo ou mais tarde o homem vai explorar as profundezas do oceano. Acabará por a encontrar e vai trazê-la para a superfície.
Então os deuses disseram:
– não sabemos onde a esconder, porque parece não existir sobre terra ou debaixo do mar um lugar onde o homem não possa chegar um dia.
Mas Brahma respondeu:
– Eis o que faremos da divindade do homem: vamos escondê-la no mais profundo dele mesmo, porque é o único lugar onde ele nunca pensará procurar.

E depois desse tempo, conclui a lenda, o homem explora, escala, mergulha e escava, à procura de qualquer coisa que se encontra dentro de si.

Sendo este o meu primeiro post do ano 2020, eu quis trazer para aqui um pouco de reflexão, não só por ser ano novo, mas porque senti que tinha de o fazer…

Todos nós procuramos por algo, cada um procura por aquilo que talvez para si seja mais importante, afinal, nós, seres humanos, somos movidos a prazer e a intenção, logo, para cada busca há sempre um propósito, e que continue a ser assim desde que cada um respeite a caminhada do outro, mas na minha opinião, nós falhamos quando depositamos toda a nossa felicidade nesta única busca externa, seja ela qual for, acreditando que esta seja a melhor opção para alcançar a felicidade e tornamos-nos reféns das nossas próprias escolhas, ofuscando a nossa visão a outras perspectivas que se calhar seriam ainda mais enriquecedoras. Com isto esquecemo-nos que a busca interna também é importante, se calhar ainda mais importante do que a externa, o autoconhecimento aqui tem um papel muito forte porque torna tudo muito mais fácil e depois da busca interna, a externa já será mais leve, mais clara, mais consciente, mais simples, com uma outra compreensão, e já não mais será movida a prazer, mas a nossa realização, evolução e crescimento como seres humanos, mesmo assim sempre indo de encontro a aquilo que é a essência da sua própria busca.

Uma beijoka😘 e que este seja um ano fantástico para todos nós

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s