A Divindade dos Homens – A velha lenda Hindu

Mostrar todos os posts com etiqueta | Inspirations

Uma velha lenda hindu conta que houve um tempo em que todos os homens eram deuses. Como fizeram mau uso desse poder, Brahma, o mestre dos deuses, decidiu retirar-lho e escondê-lo num lugar onde lhes seria impossível encontrá-lo.

Brahma convocou em conselho os deuses menores para resolver o problema.
– Enterremos a divindade do homem, propuseram eles.
Mas Brahma respondeu:
– Isso não chega, porque o homem vai cavar e encontrar.
Os deuses replicaram:
– Nesse caso escondamo-la no fundo dos oceanos.
Mas Brahma respondeu:
– Não, que mais cedo ou mais tarde o homem vai explorar as profundezas do oceano. Acabará por a encontrar e vai trazê-la para a superfície.
Então os deuses disseram:
– não sabemos onde a esconder, porque parece não existir sobre terra ou debaixo do mar um lugar onde o homem não possa chegar um dia.
Mas Brahma respondeu:
– Eis o que faremos da divindade do homem: vamos escondê-la no mais profundo dele mesmo, porque é o único lugar onde ele nunca pensará procurar.

E depois desse tempo, conclui a lenda, o homem explora, escala, mergulha e escava, à procura de qualquer coisa que se encontra dentro de si.

Sendo este o meu primeiro post do ano 2020, eu quis trazer para aqui um pouco de reflexão, não só por ser ano novo, mas porque senti que tinha de o fazer...

Todos nós procuramos por algo, cada um procura por aquilo que talvez para si seja mais importante, afinal, nós, seres humanos, somos movidos a prazer e a intenção, logo, para cada busca há sempre um propósito, e que continue a ser assim desde que cada um respeite a caminhada do outro, mas na minha opinião, nós falhamos quando depositamos toda a nossa felicidade nesta única busca externa, seja ela qual for, acreditando que esta seja a melhor opção para alcançar a felicidade e tornamos-nos reféns das nossas próprias escolhas, ofuscando a nossa visão a outras perspectivas que se calhar seriam ainda mais enriquecedoras. Com isto esquecemo-nos que a busca interna também é importante, se calhar ainda mais importante do que a externa, o autoconhecimento aqui tem um papel muito forte porque torna tudo muito mais fácil e depois da busca interna, a externa já será mais leve, mais clara, mais consciente, mais simples, com uma outra compreensão, e já não mais será movida a prazer, mas a nossa realização, evolução e crescimento como seres humanos, mesmo assim sempre indo de encontro a aquilo que é a essência da sua própria busca.

Uma beijoka😘 e que este seja um ano fantástico para todos nós

As campainhas de bicicleta mais divertidas de Amsterdam

Mostrar todos os posts com etiqueta | Curiosities



Hoje decidi descontrair um bocado e falar aqui de algo engraçado, de como os holandeses transmitem alegria e descontracção na correria do dia-a-dia em pleno trânsito.

Dizem que “quem aprende a andar de bicicleta, nunca mais esquece”, bem, este ditado pode ser verdadeiro, mas pedalar no centro de Amsterdam pode ser um tanto quanto desafiador, e de certeza que lhe vai fazer repensar um pouco neste ditado porque o trânsito é uma loucura, pode parecer simples, mas não é bem assim! E como todos nós, mesmo que secretamente um dia já desejamos andar de bicicleta pelas ruas de Amsterdam (quem nunca ?😊) podemos e devemos sim realizar este nosso desejo, desde que seja com segurança e muita precaução, afinal, a ela está em primeiro lugar não é? Para isso existem vários elementos de segurança que você pode ter na sua bicicleta como: capacete, luzes, campainha e/ou buzina, entre outros. Não basta só estar de olhos bem abertos, é necessário estar-se seguro também para que possamos desfrutar do seu passeio sem receios, caso contrário o pior pode acontecer!

É muito frequente ver-se em Amsterdam, pessoas a pedalarem sem luz, sem campainha e nem capacete, porque a grande parte dos Amsterdamers (os locais) recusam-se a usar capacetes. O uso de campainhas nas bicicletas é de extrema importância em qualquer cidade onde o fluxo do trânsito seja grande, simplesmente é uma forma de chamar atenção a quem estiver na via… é como se dissesse… “atenção, tem cuidado porque eu estou aqui!”. E paravocê, que se calhar ainda não tenha muita experiência a pedalar em grandes avenidas, fica aqui uma dica.

Beijokas 😘

Holanda vs Países Baixos

millionairemob

Mostrar todos os posts com etiqueta | Lifestyle

Muitos não sabem, mas Holanda (como é popularmente conhecido) não se chama Holanda! É um bocado confuso não é?

Bem, o nome oficial do país é o Reino dos Países Baixos reinado actualmente pelo Willem-Alexander filho mais velho de Princesa Beatrix e do Diplomata Claus van Amsberg, que é casado com a rainha Máxima, e são pais de 3 meninas lindas: Catarina Amália – a Princesa de Oranje Nassau é a filha mais velha e herdeira aparente do Reino dos Países Baixos, Aléxia dos Países Baixos e Ariana dos Países Baixos.

O Rei, a Rainha e as suas filhas

O Reino é composto por 12 Províncias, na qual, somente 1 delas chama-se Holanda do Norte (Noord Holland) e a outra Holanda do Sul (Zuid Holland). Acredito que a maior parte das pessoas que frequentemente usam o termo “Holanda”, não saibam que o país tem um nome oficial diferente, e/ou também não saibam o porquê de este mesmo país ter-se assim tornado conhecido.

Wanderlustingk.com

Para que perceba melhor, eu vou contar aqui uma breve história…

Entre os anos 1588 e 1795, os Países Baixos ainda era chamado de República dos Sete Países Baixos Unidos, que veio a ser conquistado pelas tropas francesas em 1795 e assim implantaram a República Batávia (conhecida como comunidade Bataviana), proclamada a 19 de Janeiro de 1795, que veio depois a findar a Junho de 1806, com a ascensão do Louis I, o irmão de Napoleão Bonaparte ao trono. Desde então, a República Batávia passou a chama-se o Reino dos Países Baixos. Mais tarde, após a derrota do Napoleão Bonaparte, o país continuou sendo um reino até os dias de hoje.

Naquela altura, as regiões que mais contribuíram para a economia e riqueza de todo país foram a Holanda do Norte e Holanda do Sul, razão pela qual, o nome Holanda tornou-se popular por todo o país e pelo mundo inteiro.

Espero que este conteúdo tenha contribuído de alguma forma, e esclarecido algumas dúvidas, mas, o mais importante é que se voce chegou até aqui, voce já sabe qual o termo correcto a usar.

Beijokas 😘

O novo logótipo oficial dos Países Baixos custou cerca de €200,000

Mostrar todos os posts com etiqueta | Lifestyle

Rijksoverheid.nl

Foi lançado no dia 8 de Novembro, o novo logótipo (acima estampado), com oito variações de idiomas, que vem substituir a tulipa convencional usada desde sempre pelo conselho de turismo. Este novo logótipo surge da combinação das letras N e L, que formam a silhueta das pétalas da tulipa, completando-se uma na outra ao estarem juntas. A ideia foi criada e desenvolvida pela Dutch design consultancy Studio Dumbar que tinha como objectivo, expressar “o verdadeiro reflexo da mentalidade Holandesa” , segundo o estúdio, chegando assim o logótipo a custar cerca de €200,000.

A cor oficial dos Países baixos vai continuar a ser laranja

O Antigo Logótipo (abaixo estampado)

Holland.com

Segundo a Sigrid Kaag (a ministra de comércio externo e cooperação para o desenvolvimento), o novo logótipo é positivo para a exportação porque ajuda de uma certa forma a atrair mais investimentos e talentos, desta forma, este será usado em todas as missões comerciais.

Ministérios, embaixadas, universidades, conselhos locais e outras organizações que trabalham em conjunto com o governo nacional poderão usar o logo à partir de Janeiro do próximo ano (2020).

O Governo Holandês planeia parar de promover o país no exterior como “Holanda” , passando assim a chamar-se oficialmente “Países Baixos”.

O Festival Eurovisão da Canção 2020

Mostrar todos os posts com etiqueta |Lifestyle

Criado em 1956, o Festival Eurovisão da Canção é um dos festivais com mais peso na Europa, acontece todos os anos, sendo sempre organizado por países diferente, já que a regra é clara: o país que ganhar o concurso no ano presente, automaticamente fica indicado para organizar o festival do ano seguinte, no seu país de origem. Neste corrente ano (2019), o festival decorreu em Tel Aviv, Israel, e para o ano de 2020 será a Holanda a organizar (na qualidade de vencedor. E os preparativos já começaram no dia 19 de Maio deste ano) a organizar pela quinta vez o Festival Eurovisão da Canção, que irá acontecer na cidade de Rotterdam e precisamente no centro de convenções Rotterdam Ahoy, o complexo consiste em 3 locais principais: sala de ferias e eventos, um centro de congresso e conferências e Arena Ahoy.

Rotterdam Ahoy

Endereço: Ahoyweg 10, 3084 BA – Rotterdam, Holanda

Lugares para sentar: 16.426 – Ahoy Arena

6.000 – Club Ahoy

4.000 – Teatro

Espaço Total: 54.000m2

Piso de salão de exposição: 32.230m2

Parque de estacionamento: 2.000 espaços

Cada país participante tem de ter obrigatoriamente uma estação televisiva que esteja integrada na União Europeia de Radiodifusão, para que esta possa transmitir o festival em directo.

A ideia surgiu do jornalista Marcel Bezençon, que inspirou-se no foramato de Festival de Sanremo, realizado em Itália desde 1951. O nome Eurovisão, surge da cadeia de televisões que integram a União Europeia de radiodifusão e que actualmente regista uma audiência de 1/6 da população mundial. Inicialmente, o concurso pretendia ser o reflexo de uma Europa unida e cresceu nessa tradição pan-europeia, entretanto, nos dias de hoje qualquer membro da EBU (European Broadcasting Union – União Europeia de rádiodifusão) pode participar no concurso, mesmo que não seja um país europeu.

Desde o inicio do concurso, mais de 50 países já participaram, pelo menos, uma vez!

Número de canções

Na edição de 1956, os países participantes poderiam cantar 3 canções (de 3 minutos e meio para cada uma delas), contudo, no ano seguinte, a EBU viu-se obrigado a reduzir o número das canções para 1 por país.

Cantores

As regras que vigoram actualmente, dizem que em palco só podem estar no máximo 6 pessoas em palco para cada atuação realizadas. Os participantem tem de ter mais de 16ano.

Idiomas

Actualmente a maior parte dos países, prefere usar a lingua inglesa, por ser uma lingua franca mundia, com o objetivo de que a sua mensagem chegue a todos e seja universalmente entendida. Mas ainda existem países que continuam a usar as suas próprias línguas como o caso de : Portugal, Espanha, França, Andorra, Itália, Sérvia e Israel.

Espero que este conteúdo tenha sido útil para si.

😊😙

A Floresta Tropical – Amazónia – O pulmão do planeta terra!

Mostrar todos os posts com etiqueta | Lifestyle

O pulmão do nosso planeta está em chamas, a pegar fogo literalmente, dá para vêr a partir do espaço, e já lá vão semanas! Para além desta triste notícia, espanta-me o facto de que grande maioria das pessoas no mundo (eu não fico de fora), não tinham sido informadas ao que se estava a passar na Floresta Amazónica, mesmo no início, quando tudo começou… até que a notícia começou a espalhar-se…

“A FLORESTA NÃO É UM RECURSO PARA NÓS, É A PRÓPRIA VIDA. É O UNICO LUGAR PARA NÓS VIVERMOS.”

EVARISTO NUGKUAG IKANAN

A protecção das florestas, a protecção à Floresta Amazónica é necessária. É muito importante que as florestas continuem a existir para a sobrevivência e continuação da raça humana. Perder a Floresta Amazónica significa, que teremos o aumento da emissão de carbono no mundo, favorecendo assim, o aquecimento global.

Nenhum desenvolvimento econômico pode ser mais importante do que proteger estas terras.

Se lembrarmos sempre que as florestas não precisam de nós, (muito pelo contrário, nós é quem presisamos delas), será mais fácil e simples começar a agir em prol da sua protecção. E se acha que isto não é importante, estão que continuemos a destruí-las, para que os nosso filhos, netos, bisnetos, trinetos possam um dia testemunhar, para depois contarem na primeira pessoa como será o futuro da humanidade, isso se ainda for possível à sobrevivência humana aqui no planeta terra.

Por isso que temos que nos informar melhor acerca desta causa, para podermos abraçá-la com conhecimento de causa e não só vivermos como se fóssemos ignorantes, sem ideias própria. Todos nós podemos fazer a nossa parte (desde que cada um faça um pouquinho) por um mundo melhor. Vamos pesquisar mais, vamos lêr mais, vamos perceber mais as causas e efeitos destes incêndios, como agir diante destas situações e como evitá-las. Vamos todos proteger as florestas porque sem elas hoje nós não estaríamos aqui!

É muito fácil fingir que nada se passa, quando não afecta-nos directamente, mas pense, que todo este estrago um dia cairá sobre os nossos ombros, e se o peso não cair em nós, garantidadmente que cairá nos ombros dos nossos… aí, talvez já será tarde para revertermos este quadro… e podemos não querer acreditar, mas o nosso teto está a desmoronar!

“DE QUE VALE ACORDAR TODAS AS MANHÃS, SE VOCÊ NÃO TEM O PROPÓSITO DE FAZER A SUA PARTE PARA MUDAR O MUNDO E TORNAR-SE UMA PESSOA MELHOR?”

NILZA MONTEIRO

Amazónia é a maior floresta tropical intacta do mundo, situada na América do Sul (Brasil), é um exemplo claro daquilo que chamamos de “biodiversidade”. Com mais de 2.6 milhões de quilómetros quadrados, que corresponde a 40% da América do sul, e tem uma extensão de 4.100 quilómetros (de rios).

Você sabia que a floresta Amazónica era tão rica assim?

▪50 porcento da comida do mundo vem da floresta Amazónica

▪A Floresta Amazónica é lar para mais de 24 milhões de pessoas só no Brasil, incluindo centenas de milhões de indígenas pertencentes a 180 grupos diferentes.

▪A região é casa para todas as plantas e espécies animais existentes na terra.

▪Aproximadamente 40.000 espécies de plantas encontra-se lá

▪Mais de 400 espécies de mamíferos habitam na Amazónia

▪Cerca de 3.000 espécies de peixes da água doce

▪Mais de 3.700 tipos de répteis

▪Quase 1.300 diferentes tipos de pássaros

▪Milhões de insetos habitam lá

▪20 porcento do oxigênio que nós respiramos vem da Amazónia

▪ Cerca de 400 tribus moram na Amazónia

▪Armazena o dióxido de carbono impedindo que entre na atmosfera e impulsione as mudanças climáticas

▪ Para além da sua diversidade inigualável de vida, a Floresta Amazónia desempenha um papel essencial na ajuda ao controle do carbono atmosférico de todo o planeta, 10 vezes mais as emissões globais anuais de combustível fósseis.

Motivos

▪O aquecimento global colabora para o aumento das temperaturas do oceano Pacífico, colaborando assim para a amazónia secar.

▪O desmatamento é responsável por cerca de 10 a 15 porcento das emissões globais de gases causadores do efeito estufa, deixando a região altamente inflamável, o que contribui para o aumento de incêndios. Isto significa, menos chuvas, logo, a erva fica mais seca e torna-se muito fácil de queimar e assim que se começa, é quase impossível de se controlar.

“NUNCA É TARDE PARA ENSINARMOS AS NOSSAS CRIANÇAS A PRATICAREM BOAS ACÇÕES A FAVOR DO MEIO AMBIENTE. COMECE AGORA, COMECE HOJE.”

NILZA MONTEIRO

Soluções

▪Aumentar a conscientização

▪Buscar mais informação sobre o assunto

▪Engajar em causas que defendam a protecção das florestas

▪Reduzir o consumo de carne e de produtos de proveniência animal

▪Plantar mais árvores

▪Acabar com o desflorestação

▪Desenvolver um plano de acção de prevenção ao fogo, com base na realidade actual

▪Criar mais espaços verdes

▪Adotar uma alimentação a base de plantas, ou seja menos carne

E você? Já fez a sua parte?

Espero que este conteúdo tenha sido útil para si, porque da minha parte, eu digo que aprendi imenso com toda esta informação.

Uma beijoka 😙 e até o próximo post.

A maior garagem de bicicletas do mundo abriu em Utrecht-Holanda com 12.500 espaços de estacionamento!

Mostrar todos os posts com etiqueta |Lifestyle

Utrecht, é conhecida como a cidade mais antiga da Holanda, situada no coração do país, esta ocupa o 4° lugar na lista das maiores cidades. É famosa por ser a cidade da Cultura e do conhecimento, pois é em Utrecht onde está localizada uma das Universidades mais conceituadas da Holanda (Universidade de Utrecht), a Torre Dom (a maior e a mais antiga torre de igreja nos Países Baixos), os canais, museus e muito mais…

A MAIOR GARAGEM DE BICICLETAS DO MUNDO

A garagem de Utrecht abriu na segunda-feira com 12.500 espaços de estacionamento, incluindo 480 espaços com larguras maiores para outros tipos e modelos diferentes de bicicletas, sendo assim, os números não deixam mentir e, concerteza que esta garagem tornou-se a maior do mundo, batendo o anterior recorde mantido até pouco tempo pela garagem de bicicletas de Tokyo na qual tem somente 9.400 espaços estacionamento.

Os ciclistas com deficiência e os com assinatura, poderão estacionam ao lado da ciclovia principal, já os demais podem optar por uma rampa lenta para o primeiro piso ou para o porão e estacionar lá as suas bicicletas.

O estacionamento foi gratuito durante às primeiras 24horas, depois passou a custar 1,25 euros (24horas).

Já aconteceu várias vezes de me esquecer aonde tinha estacionado a minha bicicleta e ter que perder tempo a andar à procura dela, nesta garagem isto não irá acontecer, porque esta já foi projectada para suprir certas lacunas que as garagens normais (antigas) ainda apresentavam e o diferencial é que existem lá sinais electrónicos para indicar espaços livres, e não só, também pode-se vêr números “grandes” escritos no chão, ou perto das cremadilhas, para ajudar-nos a identificar as nossas bicicletas.

A garagem foi desenhada para que todos passamos nos sentir seguros, afinal a segurança está primeiro lugar certo? Com isto, uma série de facilidades foram apresentadas neste novo conceito moderno de “estacionamento de bicicletas” : há luz em toda parte, facilitando o alcance a todos os níveis e ângulos da garagem e além disso, o espaço é todo vigiado por câmeras.

Espera-se que na maior garagem de bicicletas do mundo, todos os lugares sejam ocupados rapidamente e para fazer face a tanta demanda, posssivelmente ser necessário mais de 30.000 espaços nas imediações da cidade de Utrecht (neste momento existem 22 mil espaços de estacionamento pela Utrecht inteira).

Depois diz-me o que achou deste conteúdo.

Uma beijoka 😘

Chamada de atenção aos holandeses pelo uso do aplicativo FaceApp

Mostrar todos os posts com etiqueta | Lifestyle

FaceApp é um aplicativo que tornou-se popular já a algum tempo mas, viralizou nas últimas semanas. A app permite que os utilizadores enviem fotos e ponham filtros, com o intuito de transformá-las mostrando assim, como irão se parecer quando forem mais velhos ou até como eram quando mais novos.

Segundo a polícia holandesa, esta app não é segura porque não cumpre com a Legislação Europeia em matéria de Privacidade.

Escrevendo assim no Facebook:

“A FaceApp é produto de uma empresa Russa, e a sua política de privacidade não vai de acordo com a Legislação Europeia de privacidade e protecção de dados, portanto, usando esta app, um grande número de dados é recolhido, tanto como fotos, endereços de IP (sequência única de números separados por pontos que identifica cada computador usando o protocolo da internet para se comunicar em uma rede), dados específicos do seu smartphone e cookies também são colocados. Por este motivo, nós aconselhamos a todos os holandeses a removerem a FaceApp dos vossos telemóveis”.

E você, o que acha desta informação? Deixe aqui o seu comentário.

Beijokas 😗

Chiveve – O mais novo Restaurante Luso-Moçambicano em Lisboa

Mostrar todos os posts com etiqueta | Lifestyle

Alguns irão concordar e outros não, isso é normal! Mas a verdade é que o Restaurante Chiveve está a fazer um sucesso tremendo, e eu, cá estou hoje, para inaltecer ainda mais aos donos deste espaço, pelo trabalho lindo que estão a fazer.

Visite o Restaurante Chiveve

Chef Sheila Abreu 😊

Localizado na zona centro de Lisboa, o espaço é acolhedor, tem um toque rústico-moderno, e a atmosfera é fantástica. Chiveve abriu a menos de um ano, mas já dispensa apresentações, e vem conquistando o seu público através da sua “boa comida”, do seu “bom atendimento”, e da “sua simpatia”.

O conceito da cozinha é de raíz, Moçambicana e Portuguesa, com serviços de almoços, jantares e take-aways que são projectados, compostos e preparados ao pormenor pela Chef Sheila Abreu e pelo seu esposo Edner Abreu. Para além da carta variada e diversificada de pratos, existe também no Chiveve, uma carta extensa de vinhos, e sobremesas de comer com os olhos. 😊

Chef Sheila Abreu e Edner Abreu 😊

Em 2018, participaram da rota dos vinhos e petiscos do Alentejo, que decorreu em Lisboa de 29 de Setembro a 13 de Outubro.

Galeria: Chiveve

Morada: Rua Filipe Folque 19, 1050-133 – Lisboa – Saldanha

Horários: aberto de segunda-feira a sábado: 10horas até às 22horas

Website: Chiveve Restaurante

Pesquisar: The Folk , Zomato e TripAdvisor

Contactos: 218036347 ou 925390028

Espero que este conteúdo tenha sido útil para si!

Beijokas 😘😘